Além do conforto térmico e acústico que proporcionam, os tapetes são o grande arremate da decoração.

 

Tapetes são pontos de destaque na decoração. O correto é comprar o tapete nas últimas etapas da obra para que ele se integre com os outros itens do ambiente, principalmente sofás e poltronas. Se estiver em dúvida entre dois ou três modelos, peça para a loja  levar as peças até você para poder visualizar melhor no espaço que eles irão ficar e escolher corretamente.

Não economize na metragem. Não existe nada pior para detonar uma decoração do que um tapete na proporção errada. Lembre-se que um tapete maior tem o poder de  ampliar o espaço.

Tapetes industrializados têm tamanho padrão. As metragens mais encontradas são:

1m X 1.5m

1.5m X 2.00m

2.00m X 2.5m

3.00m X 2,00m

Os tapetes industrializados podem ser cortados para se adaptarem ao espaço.

Escolhendo um tapete manufaturado você pode optar por diversos formatos e metragens.

 

As espessuras dos tapetes são muito variadas. Os kilims, dhuries, vinis têm 5mm e não têm pelos.

Os de 10mm são os mais usados, geralmente sintéticos.

25mm a 50mm são os de pelo alto, que podem ser de pele, náilon ou poliéster.

70mm são os shaggys feitos de náilon ou poliéster.

 

Fibras naturais e fibras sintéticas formam os dois principais grupos de matérias que compõem um tapete.

Os de fibras naturais podem ser mais rústicos como os de sisal, fibras de  côco, bananeira e taboa e juta. Os confeccionados em lã, algodão ou seda natural como os kilims e os dhuries são coloridos e têm o toque muito macio. São indicados somente para ambientes internos.

 

 

Fibras sintéticas são o náilon, polipropileno (PP), poliamida, vinil e viscose. Os de náilon são práticos e de fácil manutenção, não encolhem e nem desbotam. Os de vinil são muito resistentes e podem ser lavados até com mangueira. São perfeitos para áreas externas e para quem pets em casa.

 

 

Não existem regras rígidas quanto ao uso de tapetes, o que você precisa é levar em conta o seu gosto pessoal e o estilo da decoração

Tapetes são como quadros deitados e proporcionam uma experiência visual única. No living, se o tapete for liso,só com textura, pode abrigar todos os móveis sobre ele. Se for com estampa floral ou de arabescos, o tapete deve ficar em destaque.

Vale também fazer sobreposições  com tapetes: escolha um tapete neutro e para acompanhar um outro mais ousado, por exemplo. Na sobreposição, texturas, espessuras e materiais podem variar, mas a mesma matriz de cor deve ser mantida.

 

 

Para uma sala de jantar, a peça tem que ser de fácil manutenção e pelos curtos, no máximo de 8mm de altura. E deve ultrapassar de 70cm a 1 metro além da mesa  para abrigar as cadeiras até quando afastadas.

 

No home teather os de náilon com 30mm ou 40mm oferecem conforto acústico e permitem que os amigos se espalhem pelo chão com conforto

 

 

Modelos mais aconchegantes são permitidos nos quartos. Podem ser os kilims, os silks ou os de pele sintética. O tapete deve partir do meio da cama em direção aos pés ,e pode ser numa peça só ou em forma de U, envolvendo laterais e frente.

 

Gostou do artigo? Caso necessite de uma ajuda profissional você pode contar com a IN.TETTO. Temos uma equipe com arquitetos e designers de interiores preparada para atender as suas necessidades e projetar o seu sonho. Será um prazer recebe-los no nosso escritório.