Para tirar suas dúvidas sobre qual o melhor rodapé para sua casa, escolhemos alguns, entre os inúmeros modelos e materiais disponíveis.

 

 

Na teoria, o rodapé é um acessório que faz o arremate entre o piso e a parede. Mas na prática, ele é um detalhe estético relevante na composição visual do ambiente. Um rodapé bem escolhido pode até transformar a decoração do espaço.

Encontramos no mercado rodapés fabricados em diferentes materiais : poliestireno, porcelanato, MDF, PVC, perfil de alumínio. A escolha de cada um, depende de como e onde será utilizado.

 

 

POLIESTIRENO RECICLADO- EPS, ou mais conhecido como isopor. Material de fabricação sustentável, pode ser instalado em qualquer tipo de parede. Apresenta uma variedade enorme de tamanhos e cores e resistem à umidade. Além do tradicional e sempre correto branco, temos opções que vão do cinza claro até o preto, do ouro ao prata e coloridos azuis, verdes e terrosos. E para quem preferir, encontramos também opções em padrões embuia, freijó, cumaru…

 

 

PORCELANATO- A ampla variedade de texturas, alturas e formatos ,ajudam na hora da escolha. De fácil manutenção, são muito resistentes e suportam a umidade. Os rodapés de porcelanato com padrão marmorizado,reproduzem com perfeição o material original e são perfeitos para um ambiente mais clássico.

 

 

MDF-PVC- Encontrados também em variadas alturas e modelos, têm o melhor custo. Normalmente na cor branca, podem receber pintura colorida. Não são resistentes à umidade.

 

 

PERFIL DE ALUMÍNIO- Deixa um vazio entre a parede e o piso e dá a impressão de as paredes flutuam. Usado em projetos minimalistas, ele não perde a função de rodapé e pode ser até iluminado.

OUTROS TIPOS DE RODAPÉS

 

FLEXIVEL – Em EVA, permite acabamento perfeito em ambiente com paredes curvas e colunas.

 

 

SEM REFORMA- Esse modelo permite que o rodapé seja sobreposto ao antigo com um ajuste perfeito.

 

 

EMBUTIDO- Tanto o rodapé de madeira quanto o de porcelanato podem ser embutidos na parede. Para isso, basta deixar a parte destinada a eles sem reboco. A vantagem de embutir o rodapé é o fato de não acumular poeira e de não encardir com o tempo. Outra vantagem é que por não ter saliência entre piso e parede, os móveis poderão ser encostados sem deixar frestas.

 

 

Não existem muitas regras para o uso de rodapés. O importante é que ele se harmonize com o conjunto da decoração, no estilo e na cor.

 

Gostou do artigo? Caso necessite de uma ajuda profissional você pode contar com a IN.TETTO. Temos uma equipe com arquitetos e designers de interiores preparada para atender as suas necessidades e projetar o seu sonho. Será um prazer recebe-los no nosso escritório.