Nuance emocional
Trio de designers valoriza a história dos morados, como nesse apê no Tatuapé para uma família que gosta de receber bem e de colecionismo.
Em outro ângulo, a varanda mostra a integração com área social. A direita, repare no móvel desenhado para acomodar a coleção de carros em miniatura. .

“ Trata-se de um projeto funcional e prático para quem estava fazendo a transição de uma casa grande para um apê ”

Dois escritórios com mais de 15 anos de experiência na área de design de interiores e premiados em várias categorias. Três designers com viés em artes. Assim nasceu o escritório In.tetto, de Tereza Bissoto, que já atuou como diretora de arte em revistas femininas, Rosangela Pimenta, artista plástica e socióloga – juntas, criaram o escritório Estilo Próprio – e Rafael Gomez, formado em design, artes plásticas e historia da arte. Uma fusão criativa que rende projetos residenciais, comerciais e corporativos – do esboço à finalização de cada etapa. “ Somos intensamente comprometidos com a realização dos sonhos dos clientes”, dizem. E com esse apartamento no Tatuapé não foi diferente. Os proprietários queriam mudar de uma casa com medidas generosas para um imóvel menor, de 225 m², a fim de facilitar o dia a dia. “ Trata-se de projeto funcional e prático para quem estava fazendo a transição de uma casa grande para um apartamento”, explicam os designers.

Da esquerda para direita, Rosangela Pimenta ( em pé), Tereza Bissoto e Rafael Gomez no bar com móvel desenhado por eles e executado pela Inove Marcenaria, com acabamento de laca branca. Geladeira Gorenje na cor laranja ganha destaque. As dimensões mais enxutas não foram problema para aproveitar cada centímetro e comportar o estilo de trabalho do escritório: humanizar o que se faz, valorizando a história pessoal de cada cliente. Características que foram ao encontro das aspirações deste casal com uma final pré-adolescente a hábitos arraigados, como o prazer de se reunir com os amigos e o colecionismo.
Na área social, a lareira de mármore travertino romano, da Engenharia do Mármore, segue a base neutra e contemporânea do apartamento, com piso de porcelanato adquirido na Bollpi, que utiliza o ambiente.
Com mais espaço no home theater, foi possível utilizar um grande sofá de veludo, da Nova Petrópolis. O papel de parede Uniflex Orleans dá um toque de cor ao ambiente e o tapete Arabesco traz aconchego.
Na suíte do casal, um toque de romantismo sobre base de cores sóbrias fica por conta da cabeceira em capitonê executada pela Atual Tapeçaria, com luz de LED embutida. Abaixo uma solução inteligente para ganhar espaço.

“ Somos inteiramente comprometidos com a realização dos sonhos Dos nossos clientes ”

Para atender o habito do bem receber, o escritório teve o foco especial na área social. A começar pela varanda gourmet, pontuada pelo vermelho, a cor preferida da proprietária, e bem equipada – churrasqueira e bar, além de uma clássica geladeira laranja. Ligada a esse ambiente, o estar é onde a família se reúne para assistir á TV. A entrada do apartamento, portanto, foi mudada de posição para aumentar o espaço, criando um hall interno. Um grande móvel para TV se junta ao aquário de madeira de demolição – para lembrar os animais que a família criava na outra casa – e, com a parede maior foi possível utilizar um grande e confortável sofá de veludo. Para dar uniformidade a área social, os designers optaram por porcelanato e paredes claros. “ É sempre bom ter bases neutras para ressaltar moveis e objetos ”, analisam.

“ É sempre bom ter bases neutras para ressaltar móveis,

Revestimentos e objetos”

O colecionismo pontua todo o apê, como o móvel que divide estar e varanda, onde ficam os carros em miniatura, e a estante envidraçada no corredor com varias coleções. Já os objetos de família – de maquina de datilografar, passando a moedor de carne, a livros antigos -, além de lembranças de viagens, ficam na estante Zig Zag no canto de leitura. Um décor clássico e contemporâneo com nuance emocional.

Acima, á esquerda, as várias coleções são bem cuidadas na estante envidraçada pelo escritório com execução da Inove Marcenaria, aproveitando o espaço do corredor. Á direita, o canto de leitura conta com a estante em Zig Zag, para abrigar objetos antigos da família.

*crédito fotográfico revista Decorar..

A cortina ideal

Aprenda a escolher a cortina perfeita para sua casa!

Cortinas, além de controlar a iluminação, elas dão aquele toque de sofisticação, elegância e aconchego ao ambiente. Se você está lendo esse post e porque possivelmente está pesquisando sobre cortinas e gostaria de aprender mais sobre esse acessório, sendo assim vamos logo para a parte que interessa e que você está doida(o) para saber. Afinal, como escolher a cortina ideal para a sua casa?

As cortinas de sua casa podem ser escolhidas de acordo com o seu gosto pessoal e por isso podem ter comprimentos, cores, tecidos e detalhes diferentes. Mas o fator beleza está longe de ser o principal requisito na hora da escolha da cortina ideal. As cortinas precisam atender também às necessidades do ambiente. Outro ponto que não pode passar desapercebido é o custo, o quanto você deseja investir.
A escolha do tecido para cortina faz toda a diferença no resultado final em cada cômodo da casa. Para não errar na escolha do tecido da cortina, a principal dica é escolher um tecido liso ou estampado que tenha em sua composição uma tonalidade próxima ou igual a algum elemento do ambiente. Para dar suavidade em locais com paredes e pisos escuros, escolha cortinas com tonalidades neutras.
Se o objetivo é ter uma luminosidade suave no ambiente e difusa, os tecidos como voal, chiffon, gaze de linho e organdi em cores claras como o branco, bege e transparente são excelentes opções. Esses tecidos apresentam um ótimo caimento e deixam locais como a sala de estar e jantar com um toque de elegância e delicadeza na medida certa!
Modelos de cortinas pesadas, cheias de sobreposições e detalhes muito carregados devem ser deixados de lado. Para ter um ambiente harmonioso e moderno, opte por cortinas em tecidos leves e de modelos simples que sejam fáceis de combinar com o restante da decoração.
Para proteger do excesso de luminosidade, use tecidos mais encorpados como linho puro, seda rústica, brim e lona de tons mais neutros e escuros compostos com um forro (blecaute, tergal, náilon, gabardine e microfibra). Esses modelos de cortina para casa combinam com ambientes como quarto e escritório, onde é preciso ter um clima de aconchego e tranquilidade. Porém evite cortinas de tecidos escuros em janelas onde o índice de luz solar seja intenso, pois tonalidade escuras reter calor e aumentar a temperatura do ambiente, e isso sem dúvidas irá trazer um desconforto ao ambiente.
Em contra ponto, cortinas confeccionadas com tecidos mais pesados ou com sobreposições são ótimas para aquecer ambientes nas épocas mais frias do ano, como outono o ou inverno. O importante é identificar qual é a necessidade do ambiente.

Não esqueça da manutenção e higienização. A vantagem das cortinas confeccionadas com tecidos sintéticos é que as mesmas podem ser lavá-las em casa, o que é um ponto positivo para quem busca associar a economia. Já os tecidos naturais devem ser lavados somente em lavanderias especializadas, pois os mesmos necessitam de uma higienização especifica.

Não erre no cumprimento!

Para pendurar a cortina, é preciso usar um trilho ou varão. Existem varões de diversos tipos e materiais e para escolher, vale a mesma regra de optar sempre pelo que melhor se adapte ao ambiente. Em seguida, é preciso tirar as medidas de altura e largura das janelas, e muita atenção pois é fundamental saber a medida exata da janela para determinar a quantidade
certa de tecido para cada estilo de cortina. Para quem optar por modelos prontos, o cálculo é simples: some a largura da janela a 40 cm* e multiplique o total por 2 caso o tecido seja encorpado (linho, algodão, shantung), ou por 3 se for mais leve (voile, seda).Dica: É recomendado deixar 20 centímetros de sobra para cada lado da janela para evitar claridade indesejada, ações do vento ou comprometimento estético da cortina.

Ficou difícil de entender? Então veja esse exemplo:

3.00m (janela) + 20cm (lateral direita) + 20cm (lateral esquerda) = 3.40m x 2 = 6.80m de tecido

Caso prefira uma cortina mais prática e com um material que não seja tecido, escolha as persianas. Além de modernas, elas combinam com qualquer decoração e ajudam a controlar melhor a luminosidade do ambiente. As cortinas também podem ser usadas como detalhes em paredes ou servir como divisória de ambientes. Nesse post não iremos nos aprofundar nas persianas, mas já estamos preparando outro post completo, repleto de dicas incríveis dos designers de interiores Rafael Gomez, Tereza Bissoto e Rosangela Pimenta somente sobre persianas! Aguarde!!!

Esperamos que você tenha gostado das dicas!Você pode contar com a In.tetto em seu projeto, se você está pensando renovar sua decoração! Possuímos uma equipe de arquitetos e designers de interiores preparada para atender a sua necessidade e ajudar você a realizar o seu sonho! O melhor escritório de arquitetura e interiores do Tatuapé e região é aqui!

Cores perfeitas para quartos

Você sabe qual é o melhor tom para decoração do seu quarto?

Na hora de decorar o quarto ficamos encantados com a diversidade de itens que podemos colocar. Desde as cores das paredes, cabeceiras, luminárias, roupas de camas entre outros. Olha que opções é o que realmente não falta! Como é de conhecimento de todos as cores exercem uma grande influência em nossas vidas. A alguns meses atrás escrevemos um post detalhado que explica de uma forma bem simples “impacto das cores”, se você tiver interesse em se aprofundar mais no assunto e entender de uma forma clara a psicologia das cores basta clicar aqui.

Quando pensamos em questões como a escolha cores etons para a decoração de um ambiente, logo pensamos que essa escolha se baseia exclusivamente em uma preferência pessoal, e quando pensamos em cores para quartos, essa escolha parece se tornar mais intima ainda!É claro a decoração deve ser baseada e adaptada mediante as preferencias e gostos do morador, porém a ajuda profissional facilita muito esse processo. Pensando em você, Tereza Bissoto , Rafael Gomez e Rosangela Pimenta listaram algumas dicas incríveis que o ajudaram a escolher as cores perfeitas para o seu quarto!

Em primeiro lugar, é preciso levar em conta a sensação que se deseja passar com o ambiente e analisar até mesmo como a pessoa dorme.A ajuda profissional ajudará o morador a descobrir a sensação que desejam passar por meio do tom. Através da escolha correta dos tons podemos criar um clima aconchegante para nosso quarto tornando um ambiente perfeito para que possamos relaxar e assim repor as energias.

Nuances suaves em tons verdes, lilás e azul são indicados para ajudar a relaxar as atividades cerebrais trazendo também equilíbrio e tranquilidade. Já os tons neutros são usados como coringas na decoração, mas para não ficar uma decoração muito monocromática podemos dar um toque especial com objetos em outros tons, o que irá quebrar composição dando mais vitalidade ao ambiente. Anote agora as cores que o ajudam a ter essa sensação de aconchego no quarto.

Verde

Considerada a cor do equilíbrio, o verde relaciona-se à natureza e tem uma função anti-estresse que acalma, trazendo harmonia e equilíbrio. Quanto mais suave for a tonalidade, mais sossego ele irá transmitir, além de estimular as habilidades de leitura. É a cor que está no ponto de equilíbrio entre claro e escuro, calor e frio. É uma cor reservada e repousante, Simboliza o bem-estar, segurança, equilíbrio, tranquilidade e suavidade.

O verde é muito utilizado nos ambientes pois tem uma grande variedade de tons com sensações agradáveis e confortáveis, e aceita facilmente composições com outras cores.No seu tom claro torna-se uma cor tranquilizante e até sedativa, uma sensação prefeita para quartos, não é mesmo?

Azul

Dono de um efeito tranquilizante, o azul ajuda a acalmar o cérebro. Os tons mais suaves, traz sentimentos de bem-estar e aconchego, deixando o ambiente mais inspirador. Um quarto pintado de azul garante melhor noite de sono, segundo estudos. Quarto de bebês pintados de azul também reduzem o choro e a atividade física em crianças.

Mas deve-se ter cuidado com o tom de azul pois pode também deprimir ao fim de algum tempo. O azul em sua tonalidade mais clara, traz sensação mais alegre.

Lilás

Associado à espiritualidade e à intuição, o lilás mistura a calma do azul com o calor e a paixão do vermelho, sendo assim uma boa opção para os quartos. A suavidade dessa cor transmite relaxamento.

Vermelho

Intenso deve ser usado com moderação, pois é estimulante, causa excitação e em excesso da agitação, pode aumentar a frequência cardíaca. É indicado pequenos itens no quarto do casal, já que é a cor do amor.

Neutros

Cores neutras são suaves e bonitas em qualquer ambiente, trazendo, ao mesmo tempo requinte, conforto e sensação de aconchego. Uma excelente escolha para quem quer compor o quarto com outros objetos na decoração. Versátil, os neutros com tons de creme, cinzas suaves e branco são ótimos tons para o quarto.

Rosa

Responsável por trazer delicadeza, romantismo, feminilidade e bom humor. Super indicado para quartos de meninas.

Enfim, Preto e cores escuras

A Cor do mistério, representa também concentração e sabedoria. Pode-se tornar energizante dependendo de como é usada.Combinado com outras cores, traz uma sensação alegre.O preto é uma cor sofisticada, imponente. Pode ser utilizada em pequenas áreas ou em elementos decorativos, quando se deseja um clima solene e sóbrio no ambiente.

Esperamos que você tenha gostado das dicas!Caso você precise de uma ajuda profissional, você pode contar com a In.tetto em seu projeto, e deixar sua casa perfeita! Possuímos uma equipe de arquitetos e designers de interiores preparada para atender a sua necessidade e ajudar você a realizar o seu sonho! O melhor escritório de arquitetura e interiores do Tatuapé e região é aqui

Como decorar sua sala de jantar

Confira dicas incríveis e aprenda a decorar sua sala de jantar.

Qual é a sala de jantar perfeita?A sala de jantar perfeita é aquela que traz uma sensação relaxante e acolhedora, e é ideal para receber convidados. Não há tamanho padrão ou layout para a sala de jantar perfeita, tudo o que importa é que ela atenda às necessidades dos donos da casa. Pensando em você, a equipe da In.tetto preparou uma variedade de idéias para que você criei a sala de jantar perfeita para sua casa!

Não tem nada melhor do que poder reunir as pessoas que amamos á mesa com uma boa refeição, boa conversa e boas risadas. As vezes não paramos muito para pensar sobre o que representa sentar a mesa e comer com as pessoas que amamos, mas esse ato de compartilhar a comida é comum em todas as culturas do mundo e para muitas esse momento da refeição é algo sagrado.

E nos dias de hoje em que a família está sempre dividida em suas tarefas particulares, que cada um assiste sua TV no seu quarto ou fica conectado nos seus dispositivos móveis, esse momento de sentar-se á mesa de jantar e desfrutar da companhia da família é precioso.

Por esse motivo a decoração da sala de jantar é tão importante para manter os laços familiares e as amizades sempre próximas. Antigamente os apartamentos eram separados por sala de jantar, sala de almoço, sala de estar e etc. Infelizmente hoje com os espaços cada vez mais reduzidos e ambientes integrados a sala de jantar perdeu seu lugar reservado e estão ganhando uma cara mais moderna e multifuncional, deixando para trás aquele ar formal.Neste post você vai aprender como transformar a sua sala de jantar para que ela fique mais confortável e agradável para que você receba seus convidados com satisfação e alegria.

A escolha da mesa…

A escolha da mesa de jantar é que define todo o espaço da sua sala de jantar, afinal a decoração da sala de jantar não conta com muitos móveis, apenas a mesa, algumas cadeiras e um móvel de apoio, como um aparador.E sendo a mesa de jantar o maior móvel da sala é preciso saber bem como escolher o modelo certo para não acabar com as áreas de circulação.

Entre a mesa da sala de jantar e os outros móveis ou paredes é preciso deixar uma área mínima de passagem, suficiente para que quando as cadeiras estejam sendo ocupadas e afastadas da mesa ainda sobre espaço para passagem.Essa área é no mínimo 90 cm, mas o ideal é que seja de pelo menos 120 cm á 150 cm para manter uma área de circulação livre, principalmente se houver algum balcão ou buffet que precise de espaço para que as portas sejam abertas.
As mesas redondas são idéias para conseguir encaixar acomodar mais pessoas á mesa, mas por outro lado ocupam muito espaço no ambiente, sendo indicadas para salas de jantar quadradas e salas circulares. O mesmo vale para as mesas triangulares.
Já as mesas retangulares que são indicadas para salas estreitas, acompanhando o formato da própria sala. Quando o espaço da sala de jantar é restrito é possível criar mesas sob medida, levando em conta que cada pessoa ocupa entre 70 cm a 100 cm de espaço na mesa.

Apostar em lustres mais arrojados ou até mesmo usar apenas spots embutidos, as mesas ganharam um design diferenciado.

Escolhendo a cadeiras para a sala de jantar…

Dependendo da escolha da mesa você vai definir as cadeiras, mesas mais espaçosas permitem cadeiras com braços ou poltronas confortáveis, mas mesas pequenas demandam cadeiras menores, de preferência sem braços e com o espaldar baixo.

Na decoração de salas não é preciso combinação entre mesas e cadeiras, não precisam ser do mesmo material nem com o mesmo estilo, o importante é que tenham alguma característica similar entre si.

Usar cadeiras também não é uma regra, caso queria variar você pode se optar pelo uso de poltronas nas pontas das mesas, ou então bancos na lateral da mesa para economizar espaço.

O uso do Aparador…

Muitas vezes o aparador ou cristaleiras podem fazer a vez de um móvel bar, visto que mobiliário está cada vez mais moderno e descontraídos.Não importa se a sua sala é grande ou pequena, é sempre bom ter um aparador de apoio na sala de jantar, ainda mais quando as mesas são estreitas e nem sempre as refeições cabem todas sobre a mesa.

Esperamos que você tenha gostado das dicas!Caso você precise de uma ajuda profissional, você pode contar com a In.tetto em seu projeto, e deixar sua casa perfeita! Possuímos uma equipe de arquitetos e designers de interiores preparada para atender a sua necessidade e ajudar você a realizar o seu sonho! O melhor escritório de arquitetura e interiores do Tatuapé e região é aqui
Aprenda a montar seu Home Office

Aprenda a criar e decorar o ambiente perfeito para trabalhar em casa.

Uma tendência que cresce a cada dia, o Home Office está cada vez mais em alta no mercado, principalmente quando falamos em trabalho do futuro. Mais que apenas um cantinho para estudos, quem quer começar a trabalhar de casa precisa saber que o esquema de home office precisa de cuidados especiais. Uns dos pontos favoráveis do Home Office sem dúvidas são flexibilidade de horário e à chance de fugir da distância do trabalho e do tempo do trajeto.

Na hora de montar um espaço de trabalho, o ideal é reforçar os prós em se trabalhar em casa e fazer o possível para tirar de vista o que pode tirar o foco das tarefas. Mas não é necessário transformar seu espaço de trabalho em um ambiente sem conforto e atrativos para aumentar a produtividade, um equilíbrio é necessário! Um sonho de consumo para muita gente, mas para que dê certo é importante se atentar ao local onde será instalado, ele deve ser tranquilo e confortável, para que ali possam ser desenvolvidos projetos de qualidade.Nessa post ensinaremos a você como montar o seu Home Office.

Encontre o local perfeito…

O Home Office deve dar liberdade para que o trabalhador tenha 100% do foco naquilo que está sendo desenvolvido, ou seja, trabalhar no quarto ou na sala pode atrapalhar a qualidade do que está sendo feito. Ter um local específico para o trabalho significa boa produção.

A definição do local do Home Office deve ser baseada em que tipo de atividade será desenvolvida. Se for necessário espaço para armazenamento de materiais de trabalho, o ideal é projetar uma mesa grande ou bancada. Mas se só um computador é necessário, o cantinho não precisa ser tão grande. O importante é que o local seja livre de possíveis interrupções externas, para que o conforto da casa não se mescle ao conforto do trabalho e se torne um desafio.Avalie as necessidades profissionais do espaço e qual será o tipo de iluminação necessária para que o ambiente fique confortável.

Escolha os móveis adequados…

Os móveis influenciam diretamente na qualidade da atividade que é desenvolvidapor esse motivo o Home Office deve ser pensado e projetado previamente. A mesa ou bancada deve ser capaz de comportar tudo o que se faça necessário durante o dia de trabalho, e se armazenamento for necessário, deve possuir gavetas. Além de possuir sistemas de calhas para embutir cabeamentos.As peças de mobília devem ser escolhidas pensando sempre na praticidade e no conforto. Conte com a In.tetto, temos soluções práticas para ajudar você à aproveitar bem o espaço disponível, além de ótimas ideias para os seus projetos.

Quando falamos em ergonomia o primeiro item que nos vem em mente é a cadeira, qual tipo de cadeira devemos escolher? A cadeira deve ser confortável e adequada ao tamanho da mesa. Além de ter a espuma com densidade adequada no assento, suporte confortável para as costas, a cadeira precisa ter sistemas de ajustes para se adaptar ao corpo do usuário e garantir horas e horas de trabalho produtivo, sem prejudicar a saúde.

Não se esqueça da decoração e da iluminação…

A decoração de um ambiente Home Office não deve ser exagerada, pois pode tirar o foco do desenvolvimento do trabalho. O local é relativamente menor que um escritório tradicional, e por isso, muitos objetos fazem com que ele fique poluído. O uso de prateleiras e estantes são excelentes opções para deixar o espaço bem organizado.

No caso das estantes, se não forem embutidas, é muito importante que sejam colocadas no local certo para que não obstrua ou dificulte as áreas de circulação do ambiente, já que praticidade, funcionalidade e beleza são regras fundamentais dentro da decoração de um home office.Coloque alguns objetos afetivos, para tornar o ambiente aconchegante, mas nada que disperse muito a atenção.
Em relação a escolha das cores a serem usadas, opte por cores condizentes com o ambiente do trabalho. Podem ser neutras e que não causem tensão ou cansaço visual.Deixe a responsabilidade de colocar vivacidade no ambiente para as peças de decoração. A cor azul é um tom que estimula o exercício mental e a criatividade, muito indicada para o ambiente de trabalho.
O Marrom é boa escolhade cor para atividades que exijam concentração, transmite uma sensação de sobriedade e circunspecção. Dependendo da tonalidade, pode ser uma cor acolhedora ao ambiente. Já a cor ocre é mais utilizada em áreas de trabalho pois estimula a performance.
Além disso, não se esqueça de instalar seu escritório em um lugar bem iluminado, de preferência com luz natural. Aposte em luzes frias se for o caso de ficar longe de janelas.
Agora que você aprendeu essas dicas incríveis coloque-as em pratica e decore e de personalidade ao seu Home Office, com essas dicas aplicadas certamente sua atividadeserá muito mais produtiva!Caso você precise de uma ajuda profissional, lembre-se que você pode contar com a In.tetto em seu projeto, e deixar sua casa perfeita! Possuímos uma equipe de arquitetos e designers de interiores preparada para atender a sua necessidade e ajudar você a realizar o seu sonho! O melhor escritório de arquitetura e interiores do Tatuapé e região é aqui!
Como ampliar ambientes com espelhos

Aprenda a decorar e ampliar ambientes usando espelhos

O espelho é um curinga na decoração quando bem usado.Um acessório incrível que cai bem em qualquer lugar da casa e pode ser usado com diferentes objetivos. Seja para valorizar objetos, refletir luz ou decorar, o acessório também é um recurso que traz a sensação de amplitude para os ambientes quando bem aplicado. Nessa post ensinaremos a você como aplicar de maneira correta os truques para que os espelhos possam dobrar os objetos ou espaços.

Decorando com espelhos diferentes cômodos…

Antes de qualquer passo considere as especificidades do cômodo no qual o espelho será aplicado, é importante ter sempre em mente que ele deve ser posicionado em frente ao objeto ou ao que você pretende destacar.

Ao escolher o lugar em que deseja colocar um espelho, fique atento também a parede oposta. Busque sempre posicionar na direção do espelho todas essas peças que você pretende destacar. Com isso espelho irá dobrar o tamanho do espaço e dar bastante destaque para o mesmo, por isso é de grande importância que o objeto que esteja a sua frente seja tão charmoso quanto ele. E como hoje vivemos em tempos de espaços cada vez menores, o espelho é uma ótima idéia para ampliar e dar personalidade a qualquer canto da sua casa.

A Sala de estar…

O uso de espelhos em salas de estar ou jantar pode transformar e dar aquele up em todo o cômodo. Se você tem uma parede disponível para colocar um espelho grande inteiro, praticamente ganhará um segundo ambiente. Procure instalá-lo em um ângulo de 90º com o chão em uma parede que possibilite refletir a sala inteira.Aposte em molduras largas, finas, modernas, rústicas, clássicas ou tradicionais. De qualquer forma, o espaço será ampliado e ainda terá um belo elemento na decoração.
Agora se você não tem paredes disponíveis e deseja ampliar o ambiente, pode revestir alguns móveis com espelho ou posicioná-lo atrás de uma TV ou de um aparador. O uso de estantes com espelho ao fundo, por exemplo, é cada vez mais comum nas decorações.

Esses móveis ampliam o ambiente, além disso também serve para equilibrar o peso do móvel, dar profundidade a ele e destacar os objetos que ele exibe, como livros por exemplo. Caso essa opção não seja possível, a dica é colocar o espelho acima da mobília, na parte superior da parede. Ainda que não reflita uma área tão extensa, o espelho pode ao menos aumentar o campo de visão da sala, além de destacar os objetos apoiados no móvel.

A Sala de Jantar…

Quando posicionado acima da altura de uma mesa de jantar, por exemplo, um espelho retangular pode facilitar o alcance visual das pessoas durante refeições. Isso traz perspectivas mais interessantes para a interação de quem está sentado à mesa.

Decorando Quartos com espelhos…

Para ampliá-los, o espelho pode ocupar grandes espaços como portas de guarda-roupas, paredes atrás da cama ou acima de móveis de cabeceira, por exemplo.

No quarto das crianças, normalmente menor que o de casal, o que resolve facilmente a falta de espaço são os armários com espelhos em suas portas. Além de ampliarem o local, conferem mais alegria ao ambiente, especialmente se o quarto for colorido e iluminado.
Essa também é uma solução conveniente para quartos em que não há espaço para colocar um espelho de corpo inteiro. Basta revestir uma das portas do armário, que pode ser de abrir ou de correr.
Cuidado, evite posicionar os espelhos em frente à cama, pois isso pode gerar desconforto para quem dorme ali. Opte pelo uso sobre a cabeceira, por exemplo. Nesse local, é possível explorar diferentes formatos e estilos para o espelho, o que agrega beleza e sofisticação especialmente a quartos de casal.

Decorando Banheiros com espelhos…

Como nos quartos, a tendência é que os banheiros fiquem cada vez menores e mais funcionais. Com os espelhos, é possível alongar o espaço de diferentes maneiras.

Usá-lo em um dos lados do banheiro já garante a ampliação do espaço, mas também é possível aplicá-lo em diferentes ângulos, dobrando a metragem em mais de um lado do ambiente. Até mesmo a porta do banheiro pode ser revestida por um espelho de corpo.
Outra opção é subir o espelho até o teto e a outra é ultrapassar a extensão horizontal da pia de modo a estender o espelho pela parede do banheiro. Também é possível unir essas duas alternativas, dando um toque moderno ao espaço. Além de garantir a ampliação do espaço, o espelho no banheiro é essencial para dar a personalidade desejada ao ambiente, abusando de diferentes formatos e molduras, por exemplo; espelhos venezianos, iluminação e bisotê.

Corredores e Hall…

Outra dica é o espelho pendurado no hall e corredor. Se o seu apartamento ou casa tem um corredor pequeno e estreito, aproveite um ou dois espelhos em diferentes posições para fazer um jogo de reflexos e ampliar o espaço.
Não deixe os espelhos ali para refletirem somente o branco da parede. Escolha flores, quadros, fotos, ou qualquer decoração atrativa que possa ter sua beleza compartilhada também pelo reflexo do espelho.
O espelho é uma peça muito versátil na decoração, mas deve ser usada com inteligência. O grande perigo aqui é o uso em excesso e o descuido com a harmonia do espaço. É essencial lembrar que os espelhos duplicam tudo e podem deixar um ambiente repleto de objetos decorativos muito carregado. Caso você precise de uma ajuda profissional, lembre-se que você pode contar com a In.tetto em seu projeto, e deixar sua casa perfeita! Possuímos uma equipe de arquitetos e designers de interiores preparada para atender a sua necessidade e ajudar você a realizar o seu sonho! O melhor escritório de arquitetura e interiores do Tatuapé e região é aqui!
Como decorar áreas externas
Aprenda dicas incrível para decoração áreas externas. Um dos lugares prediletos dos moradores e amigos.Seja em casa ou em apartamento as áreas externas vem ganhando destaque e se tornaram o lugar preferido dos moradores. E não é para menos afinal varandas, sacadas, jardins, quintais, enfim, área externa são um convite ao lazer e ao relaxamento! E quem não gosta de relaxar em uma poltrona confortável na companhia dos familiares e amigospara lanches, jantares e conversasdescontraídas no fim de tarde ou aquele happy hour!
Na hora de escolher como deixar o perfeito o visual para a varanda, é importante cuidado para não cometer alguns exageros. Por ser um espaço voltado para o lazer e relaxamento, o indicado é optar por uma decoração clean, confortável, para incentivar momentos relax. Portanto, escolha bem o mobiliário. Poucas peças devem compor o ambiente, como uma chaise-lounge e poucas cadeiras, tudo, é claro, com o máximo de conforto e bom gosto.
Porém outros fatores devem ser levados em consideração quando falamos em decoração de ambientes externos, deve se ter uma atenção especial na hora de escolher os itens da decoração, pois os móveis ficarão expostos ao sol e chuva. Mesmo em apartamentos os raios solares, as condições climáticaspodem danificar móveis e tecidos.
Pensando nos fatores externos, os materiais mais indicados e conhecidos para a área externa são; alumínio, fibra e madeira. Caso a sua opção seja a madeira, tome muito cuidado na escolha, pois esse material precisa passar por um processo de proteção e sua manutenção deve ter acompanhamento constante para minimizar os efeitos da ação do clima e tempo sobre a peça.
O alumínio é uma opção prática, por ser mais resistente do que a madeira por exemplo, o material sofre menos efeitos do tempo e clima. Apostar na cor natural do alumínio é o mais indicado para a conservação da peça. Porém em casos de peças com a pintura, o indicado é evitar as cores escuras, pois a pintura pode descascar ao longo do tempo.

Já as fibras são uma opção para quem procura praticidade aliada, estilo e bom gosto. São resistentes, fáceis de limpar e podem resistir bem a chuva, frio, calor e sol. Realmente a fibra é um material incrível!

Na escolha dos tecidos tenha em menteo mais importante, por ser uma externa e ter contato direto com água ou sol, seja por conta da chova ou por alguém que acabou de sair da piscina foi deitar na cadeira, a melhor opção é escolher tecidos e com proteção dos raios solares. Quando o tecido não tem qualidade eles se desgastam com o tempo, podendo ficar desbotados e manchados, sem falar que a textura, o toque do tecido é fundamental para o conforto nessas horas e pode ser alterado devido o contato com os raios solares.
Na hora de escolher a cor, evite poluir o espaço com muitas cores contrastantes, o ideal é escolher algumas almofadas, para melhorar o momento de descanso. Elas podem sercoloridas e alegres, mas procure escolher alguns tons e mesclar livremente entre eles. O capricho, o destaque maior fica por conta de alguns acessórios
Vasos de folhagens e flores, esculturas, estatuetas, velas, mesinhas de apoio, devem fazer parte do design do ambiente para garantir um bom momento de paz.
Aproveite para dispor as plantas na área externa, afinal é o local adequado para muitas espécies. A incidência de luz solar é importante para que mantenham a vitalidade, ou seja, abuse dos vasos com as belas folhagens verdes, que trazem vida para o lar.

Se você não sabe por onde começar, que tal uma ajudinha profissional…

Agora que já sabem todos os cuidados especiais para ter sua área externa que tal deixar sua casa ainda mais convidativa aos amigos?Porém caso você precise de uma ajuda profissional, lembre-se que você pode contar com a In.tetto em seu projeto, e deixar sua casa perfeita! Possuímos uma equipe de arquitetos e designers de interiores preparada para atender a sua necessidade e ajudar você a realizar o seu sonho! O melhor escritório de arquitetura e interiores do Tatuapé e região é aqui!

Como decorar salas pequenas

Aprenda em poucos passos a fazer a decoração de sala de estar pequenas.

Nemsempre é fácil decorar e dar vida a ambientes pequenos, e quando pensamos em sala de estar então, parece que realmente ficamos perdidos. Porém engana-se quem pensa ser uma missão impossível decorar salas pequenas. É evidente que podemos chamar de um grande desafio, mas nada que um bom planejamento não transforme em um ambiente perfeito.

Pensando em você que está precisando daquela mãozinha amiga, naquele momento dramático que a equipe da In.tetto, preparou uma lista de dicas básicas e práticas para ajudar você a escolher a decoração perfeita para a sua casa! Então que tal começarmos pelo início? Vamos lá!

Ganhando amplitude com o uso das cores…

O exagero nas cores vibrantes carrega o ambiente, causando até mesmo irritabilidade e cansaço visual.O indicado é dar preferência aos tons claros e off-white (branco, bege e cinza). O mesmo vale para o piso.
Porém caso você queria utilizar uma textura ou uma cor diferenciada na composição o indicado é não aplica-la na parede aonde está fixada a TV, uma boa opção seria a parede atrás do sofá para não gerar um cansaço visual.

Conheça a dimensão do ambiente…

Antes de comprar qualquer móvel é importante conhecer as dimensões do ambiente, tirar as medidas e já começar a tentar visualizar o posicionamento e a disposição que os moveis irão ocupar no ambiente. Nunca se esqueça que menos é mais, evite atulhar a sala com um número exagerado de peças, isso só irá tornar o ambiente menor além de atrapalhar a circulação e transmitir uma sensação de bagunça e desorganização. É importante manter um corredor de circulação de pelo menos 60 cm, uma péssima ideia é colocar os moveis de modo de a pessoa tenha que desviar ou arrastá-los para garantir a passagem.

O ganho de amplitude em salas pequenas pode ser conseguido ainda por meio do uso de móveis baixos, de pouco volume, estruturas metálicas funcionam bem neste caso. Saiba que mesas retangulares e redondas são as mais indicadas, pois deixam um espaço de circulação maior.

Sala de estar pequenas também não deve ter um conjunto de sofá volumoso. A melhor opção é apostar em uma única peça e completar o ambiente com pufes, cadeiras ou poltronas. E cuide de garantir um bom lugar para o sofá. O recomendado é deixá-lo encostado na parede (mas não na da janela, pois bloqueia a entrada de luz) e evitar o desperdício de espaço. A opção retrátil possibilita aproveitar melhor o espaço, já que os assentos se alongam o que oferecem maior comodidade e não atrapalham a circulação.

Já o uso de poltronas oferece uma opção de assentos no ambiente. Caso a sala não comporte um sofá, utilize apenas poltronas. Opte por utilizar cores neutras como branco, preto, cinza e bege no estofado, deixe as cores vibrantes como vermelho, amarelo e floral para as poltronas e almofadas.
A busca por amplitude permite também repensar a presença de móveis como o rack. A peça por ter mais volume ocupa espaço e pode ser facilmente substituída por um painel na parede destinado à televisão e algumas prateleiras para os itens decorativos e demais aparelhos. Caso a sala seja integrada, use as costas do móvel para delimitar as diferentes áreas. A decoração fica mais bonita na presença de enfeites nas prateleiras e nichos. Evite somente os exageros, pois o excesso transmite a impressão de que o lugar é menor do que na realidade.Outro item dispensável em lugares de tamanho reduzido é a mesa lateral. A dica é investir em esteiras de madeira com porta-copos e colocá-las no braço do sofá. Caso o espaço permitir, você também pode optar pelo uso da mesa de centro. Se a sala for exclusivamente para TV, o tapete é uma peça indispensável. Escolha um tapete que seja confortável, como sagghy ( lã de carneiro) ao toque por exemplo.
Existem alguns truques visuais que ajudam a ganhar amplitude. Ter espelhos nas paredes e no acabamento dos móveis é a alternativa que mais engana o cérebro. O cuidado é não mostrar no reflexo alguma parte indesejável da casa, como fiações aparentes.
Outro truque interessante é usar cortinas claras, de linho ou voil, para trazer a sensação de leveza e de um pé direito maior. Já o critério para a escolha entre cortina ou persiana é uma questão de preferência, porém o importante é optar por cores claras. O bloqueador de luminosidade, as cortinas ou persianas blackout são indispensáveis para evitar reflexos na tela da TV, assim como excesso de luminosidade no ambiente.

Também é vantajoso instalar papéis de parede lisos, com desenhos pequenos e faixas na vertical, as listras aumentam o pé direito. E não se esqueça de retirar os rodatetos e rodapés da decoração. Tais recursos delimitam a parede e afetam o sentido de continuidade, diminuindo o tamanho da sala.

Capriche na iluminação…

O cuidado com a sala também se estende para o projeto luminotécnico. Lembre-se de que deixar cantos escuros e espaços mal iluminados na casa significa perder espaço. Por isso, invista em luzes embutidas, quando o gesso for rebaixado, sancas, rasgos no teto, arandelas ou ainda em luminárias pendentes.

Caso queira algo uniforme, instale plafons e luzes difusas no teto. A decoração do lugar pode também receber iluminação direta. Abuse de luminárias de piso ou de trilhos para destacar itens como esculturas e obras de arte. E não deixe de aproveitar as entradas de luz natural e as claraboias presentes na hora de conseguir luminosidade.

Já o critério para a escolha entre cortina ou persiana é uma questão de preferência, porém o importante é optar por cores claras. O bloqueador de luminosidade, as cortinas ou persianas blackout são indispensáveis para evitar reflexos na tela da TV, assim como excesso de luminosidade no ambiente.

Esperamos que você tenha gostado do artigo, e não esqueça você pode contar com a In.tetto em seu projeto! Possuímos uma equipe de arquitetos e designers de interiores preparada para atender a sua necessidade e ajudar você a realizar o seu sonho! O melhor escritório de arquitetura e interiores do Tatuapé e região é aqui!

Salone del Mobile 2017

Rafael Gomez, Rosangela Pimenta e Tereza Bissoto, conferem a maior feira do segmento em Milão!

Durante os dias 4 a 9 de abril de 2017, ocorreu a 56ª edição do Salone del Mobile, em Milão.

O badalado evento é conhecido por ser o maior salão de design do mundo, e não é para menos, o evento reúne inovações em todas as áreas do design e também linhas de produtos já conhecidos pelo público. Sendo umareferência mundial para profissionais do setor de casa e mobiliário e equipamentos para a indústria de móveis.

Realizado no moderno centro de exposições de Rho em Milão, o evento não se restringi apenas ao salão, longe disso, a cidade toda é invadida por uma febre de design que se espalha por todas as ruas reunindo profissionais de todas as partes do mundo.

Rafael Gomez, Rosangela Pimenta e Tereza Bissoto, embarcaram rumo a capital mundial do design, Milão, e foram conferir todas as novidades do Salone del Mobile. Agora iremos contar um pouco para você o que rolou no evento e as novidades que nos agradaram.

Desbravando o Salone..

O foco da 56ª edição segundo seus idealizadores é elegância contemporânea. De acordo com a divulgação, ela seria encontrada entre minimalismo e funcionalidade, entre habilidades artesanais, know-how digital e inovação tecnológica.

O vidro foi um elemento bastante apresentado na feira, a forte presença de composições utilizando vidro e madeira, vidro com ferro e pedras naturais indicam que esses elementos voltaram a ser tendência no mercado de decoração.
Presentes em estantes e tampos para mesas em mix com bases em metais mesclando mesas de centros quadradas, redondas e ovais criando um ambiente extremamente sofisticado e moderno.

“Ver mesas de centro utilizando puffs na composição,extremidades arredondadas, formas ovais, círculos, essa mescla entre o uso de vidro, tecidos, ferragens e as cores utilizadas me remeteram aos anos 80, porém agora com sofisticação e modernidade. ”
– Rosangela Pimenta

Podemos ver esse toque de modernidade e elegância presente em outras peças também como nos espelhos.

Molduras bem trabalhadas transmitem requinte as peças.

Tampos em pedra como mármore foram o ponto alto da feira, assim como os demais móveis as mesas com tampos em pedra em sua composição sempre estão acompanhadas por elementos naturais como base em ferro ou madeira. A cor dourada predomina entre os metais.

Mobiliários com tampos finos em pedra. Com acabamento suave e impecável.

O toque orgânico/ natural ficou muito bem representado através das luminárias.
É possível reconhecer que os designers usaram elementos da natureza como referência na criação das peças.
Podemos reconhecer galhos, ramos, flores e frutos, outras por sua vez remetem a animais. Peças compostas por ferragem e led.

“ Me agradou muito a apresentação do mobiliário mais limpo , com pouco tamponamento, menos volume, pouco uso de puxadores, porém com a presença constante do brilho do vidro e da laca. ”
– Rafael Gomez

Sofá baixos com cantos arredondados com revestimento em veludo, esse por sua vez volta a moda como força total.

“ O que me chamou muito a atenção foi que esse ano podemos notar várias opções de móveis com aproveitamento de espaço foram apresentados. Armários que se transformam em mesas ou escrivaninhas por exemplo, achei extremamente oportuno ver que hoje o mercado já identifica essa necessidade e vem buscando apresentar soluções.”
– Rosangela Pimenta

Design pela Cidade…

Paralelo Salone del Mobile, aonde encontram-se aquelas tendências já consolidadas, ocorre outras feiras voltadas indústria de móveis e decoração em Milão como o Fuorisalone, onde cada bairro exibe uma série de eventos espalhados pela cidade.A Fuorisalone é voltada para quem quiser ver aquelas que novidades estão acabando de sair do forno. O circuito engloba as atividades da Milan Design Week paralelas à Euromobile, tem exposições tanto daqueles que “não participam” da Feira oficial quanto dos que, com o objetivo de poder ousar, tem estandes tanto por lá quanto em um dos bairros que dá vida às atividades paralelas.

Brera Design District é um desses eventos que faz parte da Fuorisalone, localizada no Brera um charmoso bairro artístico de Milão que lembra muito a atmosfera dos bairros boêmios de Paris. A Brera Design reúne inúmeros artistas consagrados, assim como novos e talentosos artistas que buscam inovar em meio a semana do Design em Milão.

Este ano, o circuito Fuorisalone teve em Brera seu principal chamariz. De uns anos para cá, o distrito capitaneou o crescimento das atividades paralelas na cidade durante a Euromobile, ganhando ainda mais visitantes. Sob o slogan “Fare artigianale, pensare industriale” ( “fazendo artesanal, pensando industrial”). Suas ruelas repletas de charme e cultura receberão mais de 70 showrooms e 90 eventos, focando suas atividades nas lojas histórias, nas novas formas de artesanato e na gastronomia de qualidade. Confira abaixo algumas fotos do que Rafael Gomez, Tereza Bissoto e Rosangela Pimenta visitaram pela Brera Design Distrct.

“ É sempre uma experiência incrível participar da Salone Del Mobile, o que mais impacta é que a cidade de Milão em si respira decoração. É incrível ver o envolvimento de todas pessoas, das lojas,todos voltados para o segmento, é lindo ver um cidade falando sobre design. Sem dúvida uma semana incrivelmente inspiradora” – Tereza Bissoto
Novos Horizontes
Totalmente reformado pelo talentoso trio que chefia o escritório In.Tetto, este elegante apartamento paulistano tornou-se o refúgio ideal de um casal gourmet Rosangela Autor de projetos residenciais, comerciais e corporativos, o trio que comanda o escritório paulistano In Tetto foi acionado para reformar este apartamento de 425 metros quadrados.
Priorizando conforto e sofisticação, os designers de interiores Tereza Bissoto, Rosangela Pimenta e Rafael Gomez transformaram o amplo apartamento em um refúgio que é a cara dos proprietários.
Para criar espaços amplos e iluminados, aumentaram os banheiros e closets e transformaram as cinco suítes em duas. No décor, incluíram revestimentos nobres como o mármore botticino que aparece na sala de jantar e desenvolveram um sistema inteligente de iluminação assinado pelo Empório Luz.
Sem tons chamativos, o apartamento também abriga mobiliários elegantes concebidos pela Sierra Móveis, como a cama que ocupa o quarto de casal, a mesa e cadeiras da sala de jantar e os sofás e poltronas da sala de estar.
Mas, sem dúvida, o cantinho preferido dos moradores mestres-cucas é a cozinha, muito bem equipada com eletrodomésticos da Samsung e da Gorenje.

Fonte: Portal KAZA

Panamá lá vou eu!

Rosangela Pimenta e Tereza Bissoto visitam o Panamá!

Rosangela Pimenta e Tereza Bissoto, foram visitar América Central. Decolaram de São Paulo e aterrissaram no Panamá, com a Todeschini.Panamá que é um dos mais importantes centros comerciais e financeiros das Américas. Venha conosco conhecer um pouquinho da história e da cultura desse país, e ir muito além do Canal que leva o seu nome.

Moderno, com infraestrutura completa para receber turistas de todo o mundo, a Capital, Cidade do Panamá é conhecida como a Dubai das Américas, devido a sua arquitetura de edifícios verticais opulentos.

Prédio da moderna FF Tower

Hotel Hard Rock Panamá Megapolis

Museu da Biodiversidade

Museu da Biodiversidade assinado por Frank Gehry

No Panamá está localizado o Museu da Biodiversidade, é o primeiro prédio na América Latina criado pelo renomado arquiteto Frank Gehry. O Biomuseu, de 4000 m², inclui oito galerias, espaços para exibições temporárias. O espaço localiza-se na Amador Causeway, na entrada do canal do Panamá. Gehry é conhecido pelos seus famosos edifícios esculturais, como o Walt Disney Concert Hall em Los Angeles e o Guggenheim Bilbao, na Espanha. No entanto, no Biomuseu, o arquiteto se distancia do seu famoso esquema de cores metálicas e adiciona vermelho escuro, amarelo dourado e painéis de azul cobalto para refletir o ambiente tropical e o crescimento do Panamá (como pode-se notar na foto acima). O átrio é coberto por uma série de coberturas metálicas angulares que variam em forma e são pintadas em cores brilhantes. Um espaço de exposição ao ar livre debaixo deste átrio liga as duas principais alas do edifício. Ao redor do Museu, ainda encontra-se um belíssimo jardim botânico, que comportará exposições ao ar livre.
Nas oito galerias do Biomuseu, os visitantes poderão conhecer instalações imersivas antes de adentrar ao jardim botânico, aberto ao público em geral. A galeria da Biodiversidade, por exemplo, é uma introdução à variedade ecológica e botânica do país. Cartazes coloridos pendurados nas paredes mostram nomes de espécies de animais em extinção, como alguns tipos de sapos venenosos encontrados no Panamá.

História do Centro Histórico

Conhecido como Casco Viejo ou Casco Antíguo, o antigo centro foi, de fato, o segundo local de construção da Cidade do Panamá. É que a antiga cidade foi destruída e saqueada por piratas e os locais tiveram que recomeçar com o que sobrou e foi ali, em 1671, que decidiram erguer a atual Cidade do Panamá. É o que tem de mais bem preservado no país!
“Andando pelo centro histórico, é impossível não admirar a pitoresca cidade e não se apaixonar. É incrívelcomo mundos diferentes, o rústico e o moderno, o passado e o presente, podem conviver lado a lado.” – Rosangela Pimenta
“ Uma arquitetura singular, casco viejoé um centro maravilhoso que nos transporta para um passado incrível, é possível sentir a atmosfera histórica presente em cada construção. De fato, casco viejo é a alma do Panamá, sem dúvida visitar o Panamá é uma experiência inesquecível! “– Tereza Bissoto.
O centro histórico da cidade do Panamá é patrimônio da humanidade. Muito limpo, bem cuidado e seguro. Com suas igrejas e obras de arte que podem ser contempladas por moradores e turistas.

O Antigo Convento de Santo Domingo

Ruínas no casco Antiguo

Construído em 1678 mas o século XVII foi quase totalmente destruído por um incêndio que destruiu a torre e o interior. Restaram os muros e arcos, e o prédio é conhecido como o Arco Chato que foi construído para suportar a estrutura de madeira da igreja.

De outro ângulo, as belezas naturais desse país que liga os continentes da América do Sul e Norte e recebe as águas mornas e transparentes do Caribe, é perfeito para cruzeiros luxuosos e atividades para mergulhadores e apaixonados por esportes aquáticos. Vida selvagem, cultura nativa e muitas belezas naturais em um verdadeiro paraíso com muito sol e diversão.

O canal do Panamá

Localizado na América Central, o Panamá faz fronteira com a Colômbia (a leste) e com a Costa Rica (a oeste), além de ser banhado pelo mar do Caribe e Oceano Pacífico. O território panamenho consiste no ponto mais estreito do istmo que liga as duas grandes porções do continente americano.

O Panamá, de 1821 a 1903, fez parte do território colombiano. Com ajuda dos Estados Unidos, conseguiu se separar com a condição de permitir que os americanos retomassem a construção do Canal do Panamá, após a desistência dos franceses. Em 10 anos, os americanos finalizaram a construção do Canal e o administraram até o ano 2000, quando o Panamá retomou a posse.

A cada ano, mais de um milhão de pessoas visitam o Canal para testemunhar esta maravilha da engenharia. Com 82 quilômetros de extensão, ele liga os oceanos Atlântico e Pacífico. Atualmente, mais de 15 mil embarcações cruzam o canal por ano, correspondendo a 5% do comércio marítimo mundial, fato que contribui bastante para a economia nacional.

Comportas construídas para vencer a diferença de nível entre os oceanos.

A experiência de visitar uma tribo indígena: Trilho Embera

Um dos pontos altos da viagem, foi a visita de Rosangela e Tereza a tribo Embera.O nome da tribo é EmberaQuera, que na língua deles significa “Perfume Embera”. A apenas 100 quilômetros da Cidade do Panamá, com seus arranha-céus e cara de metrópole em expansão econômica, habita a tribo Embera. Ás margens do Rio Chagres, os índios compartilham as condições primitivas da sua cultura ancestral: vivem da caça, da agricultura de subsistência que a floresta lhes oferece. Com vestes coloridas e alegria contagiante, são também muito festivos e hospitaleiros e têm uma culinária pitoresca deliciosa. Ao chegarem na vila indígena, Rosangela e Terezativeram uma surpresa extremamente agradável, todos os índios da tribo estavam alinhados em um semi-círculo cantando para nos receber o grupo! A tribo está situada no local há 8 anos e aproximadamente 50 famílias vivem na tribo.
O líder nos explicou que aquela tribo ali foi criada para promover o turismo indígena, então toda a sua atividade é feita para receber turistas.
E assim concluímos nosso tour por esse país incrível, esperamos que tenha gostado de conhecer um pouquinho mais da América Central. E se você ficou morrendo de vontade de viver essa experiência, não perca tempo arrume já a suas malas!
Convite ao Relax

Com vista para o parque, duplex ganha ares de refúgio e ajuda casal a desconectar do cotidiano.

O pequeno e acolhedor living recebe poltronas e banco da Clami. Rouba a cena a bela escada em balanço, encrustada na parede, que leva ao escritório no mezanino e tem status de escultura’

Com uma intensa rotina de trabalho, o jovem casal dono deste duplex de 100m², na região do Panamby, em São Paulo, preza muito os momentos de descanso e convívio a dois. Assim, ao contratar o escritório In.tetto, dos designers Rafael Gomez, Rosangela Pimenta e Tereza Bissoto, foi taxativo ao solicitar um projeto que desse á nova morada uma atmosfera aconchegante para aproveitar os dias de folga e as horas de lazer. A prioridade ao conforto e á praticidade guiou os designers nas escolhas de cores, texturas e acabamentos. O mobiliário de tons neutros e a presença da madeira trazem leveza e aconchego. O piso em porcelanato claro de grande formato, que reveste todo o apartamento, garante sensação de amplitude e facilita a manutenção.
‘A sala de jantar (acima) tem mesa oval com design de Fernando Jegger na companhia de cadeiras da Breton. Ao fundo, a estante desenhada pela I9 Marcenaria tem nichos vazados e iluminados, os que confere movimentos e destaca os objetos decorativos. Abaixo, com mobiliário da VMobili e paisagismo de Eduardo Luppi, a varanda é um refúgio para os momentos de relaxamento e conexão com a natureza.’ Integrados, os ambientes recebem muita luz natural e têm ótima circulação de ar, o que deixa o clima mais ameno e agradável dentro de casa.
‘O projeto explora a boa passagem de luz natural e a vista para o parque. O pé-direito duplo ganha adornos como o pendente da Spazyo e as telas do artista Enrique Rodrigues.’ A varanda é o local mais usado pelo casal, tanto para relaxar na confortável poltrona redonda com toldo, como para desfrutar de longos cafés da manhã nos finais de semana. Sem cobertura e sem fechamento, ela fica praticamente incorporada ao parque Burle Marx. O paisagismo de Eduardo Luppi e a madeira de demolição completam essa comunhão com a natureza.

Fonte: Revista It home